quinta-feira, 28 de agosto de 2014

A Estraga Prazeres

Chegou o momento em que vais morar sozinha, já estás entusiasmada com a ideia de seres tu a mandar no comando da televisão, acabaram-se as horas a ver aquela novela chata que a tua mãe tanto gosta, ou os jogos de futebol que o teu pai insiste ver sempre à hora da tua serie preferida, abaixo esses dias! Além de não perderes os teus episódios preferidos, ainda os podes acompanhar com a comida que queres, ora pizza, ora hambúrguer, ora qualquer coisa que está no frigorífico que até agora ainda não desapareceu, como acontecia outrora, tudo vale desde que não seja o peixinho cozido da mãe, mas sintam-se já informadas, em algum momento irão sentir saudades da comida da mãe. Deliras com a ideia de poderes seguir os teus horários, comer à hora que te apetecer, acordar mais tarde, pois não tens que esperar na fila do WC e o mais importante quando ficas até de madrugada no computador não tens que ter mil cuidados para não acordares ninguém, mas lembra-te que tens vizinhos e nem todos são aquele gato super compreensível, que te empresta o sal em tronco nu com os abdominais que te fazem conter a respiração, como nos filmes.


De facto morar sozinha tem um conjunto de vantagens, mas também tem as suas desvantagens, sempre que ficamos doentes temos que nos desenrascar sozinhas, cozinhar só para nós é tão chato, mas tão chato que muitas refeições ficam por fazer, é sempre a nossa vez de lavar a loiça e terás que aprender a nadar no mar de contas que te vão aparecendo. 



O processo de morar sozinha exige uma preparação prévia, mas há muitas coisas que se aprendem com o tempo e já depois de estares na tua casinha:

  1. É impossível um ser humano sobreviver à base de cereais, mesmo que varie de sabor, terás mesmo que aprender a cozinhar.
  2. O papel higiénico que até então aparecia no WC com um toque de magia, terá que fazer parte da listinha de compras, isto claro, se quiseres ter de reserva. E nunca, mas nunca deixes esta acabar.
  3. O lençol tem que ser mudado e se fazer uma cama todos os dias já é cansativo, fazê-la com roupa lavada, prender lenços, distinguir o de cima do de baixo, meter os cobertores pesados, edredão, protetor do colchão...ufa estamos num nível mais avançado.
  4. Provavelmente quando pensaste em morar sozinha a 1ª coisa que te passou pela cabeça foram FESTAS, vais aprender que as festas requerem pessoas e as pessoas sujam e TU é quem depois limpas.
  5. Ir ao supermercado deixa de ser divertido e por mais que planeis e faças listas do que realmente precisas de comprar, vais sempre comprar porcarias.
  6. A janela não se arranja sozinha, o frigorífico avaria sempre no mês que estás financeiramente mais apertada.
  7. Pelo sim e pelo não, convém ter sempre uma vela/lanterna à mão, nunca se sabe quando uma lâmpada irá se queimar, sim elas queimam!
  8. A chave tem que estar sempre na mala, ou no bolso, em momento algum tires de lá, só para abrir e fechar a porta, claro.
  9. Depois de passares a manhã toda a limpar a casa, à tarde ela já está suja.
  10. O lixo parece que se enche sozinho.
  11. Aquela imagem de um frigorífico cheio e com alimentos coloridos é uma utopia.
  12.  Comer sai caro e provavelmente deixas de comprar aquela roupa gira, ou carregar o cartão do telemóvel para ir ao supermercado, eu já avisei que deixa de ser divertido!
  13. O WC é sempre a 1ª divisão a ser limpa.
  14. O micro-ondas vai-se tornar o teu melhor amigo.
  15. O número da tua mãe vai ser SOS na hora de cozinhares, irás sempre ligar a perguntar como se faz arroz, massa, feijão ou uma sopa qualquer...
  16. Quando te esqueces de alguma coisa não vais poder chamar pela mãe, mas mesmo assim vais tentar a tua sorte, com a desculpa que estás distraída.
  17. Pão fresco e fruta vão fazer parte de uma realidade muito longínqua e vais enjoar de pão de forma.
  18. Nunca comeste tantos ovos antes, como comes agora.
  19. Refeições deixam de ter horário, só porque estás na internet, ou a ver série...
  20. Ter uma farmácia doméstica passa a fazer todo o sentido.
  21. As coisas escondem-se nos locais mais improváveis e não, ninguém viu onde estão.
  22. Quando sobra dinheiro é porque te esqueceste de pagar alguma coisa.  
  23. No supermercado irás aprender a comprar em doses reduzidas, 2 cenouras, 1 tomate, sim porque nunca vistes tanta comida a estragar-se de uma só vez.
  24. Nunca vais saber o que cozinhar para o jantar.
  25. Acordar com um monte de loiça do dia anterior para lavar, dá-te vontade de voltar para a cama.
Aqui está uma lista de 25 itens mas ainda há mais, o que acrescentariam?
Márcia Ferreira


2 comentários:

  1. Fantástico.
    As saudades de começar as frases com "Oh Mãe" serão eternas.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  2. "oh mãe o que é o jantar?" era tão mais interessante do que agora quando olhas para o frigorífico e dizes "não tenho nada para comer"! Mas, aprendemos sempre a dar a volta ;)

    Beijinhos

    ResponderEliminar