quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Culinárias nível 0: especiarias


Para garantir a tua sobrevivência vais ter que cozinhar, e cozinhar só para ti. Como tal tens toda a liberdade para escolheres o que mais gostas, mas também tens toda a responsabilidade de equilibrar a tua alimentação e salvaguardar a tua saúde. Diz-me o que comes que eu dir-te-ei quem és =)

O grande segredo da alimentação e da redução do sal nos cozinhados é o uso de especiarias, estas além de terem alguns beneficios para a saúde, ainda proporcionam um sabor bastante agradável dependendo do seu uso.

No entanto, com tantas opções disponíveis é fácil nos perdermos e não sabermos para onde nos virar. Mas o Socorro Vou Morar Sozinha vem ajudar.

Louro: O Louro ajuda a perfumar os guisados e assados de carnes ou peixes, combina muito bem com o azeite. Pessoalmente eu gosto de usar no arroz, pois dá um gostinho bastante interessante. O Louro ajuda na digestão, uma vez que aumenta as secreções digestivas e estimula os movimentos peristálticos. Ajuda a eliminar liquidos, pois atua sobre os rins,  ajuda ainda na prevenção de gripes, bronquites, dores articulares e musculares e tem propriedades relaxantes.

Oregãos: Os oregãos servem para perfumar saladas, pizzas, peixes grelhados, carne assada, azeitonas e caracóis. Também ele tem propriedades indicadas para o tratamento e prevenção da gripe. É imunoestimulante e antiviral, ajudando na roquidão e tosses. Além disto ainda é antidiabético, visto que regula quantidade de glicose no sangue. É um óptimo antibiótico no tratamento de gastroentrites e infecções urinárias.

Ervas Finas: Ideais na utilização de carnes grelhadas, molhos de tomate e omeletes. Fica igualmente bem nos pratos que têm natas.

Coentros: São a especiaria ideal para aromatizar amêijoas, salsicharia, espetadas ou guisados de carnes. É a especiaria por excelência para as açordas. Esta especiaria é bastante rica em antioxidantes, é antiviral, antifúngica e anticancerígena. Podes contar com a sua ajuda nas dores de cabeça e menstruais e torna as saladas mais digestivas.

Salsa: É a especiaria mais versatil, fica bem em qualquer molho e prato. A salsa auxilia na digestão, alivia o mau hálito, no tratamento de hipertensão, combate a hemorrogia nasal, é diurética, previne a fermentação intestinal e a formação de gases e retarda o envelhecimento das células.

Anis Estrelado: O seu consumo em carnes e peixes inteiros ajuda a perfumá-los. Pode ainda ser utilizado em doces e chás. O seu consumo ajuda na prevenção de gripes, cólicas, gastrite, enterites, gases, tosses, bronquite e tem efeito calmante.

Tomilho: O seu efeito picante melhora qualquer recheio de carnes, guisados de carne, peixe grelhado e marinadas. Tem efeitos ao nível da saúde para quem sofre de asma, bronquite, catarro, gripes, flatulência, sensação de enfartamento, inchaço e acne.

Estragão: Serve para realçar o sabor de outras ervas. É um estimulante do apetite e acelera a digestão. Tem ainda um efeito diurético e anti-aterosclerótica.

Gengibre: Ideal para perfumar caris, guisados, arroz, legumes, bolos e biscoitos. Eu uso em tudo e adoro, é das especiarias mais usadas cá em casa. Além de dar um gostinho picante, ainda ajuda no mau hálito, nas cólicas, dores mentruais, ressaca, alivia dores de artrites, dores musculares, infecções respiratórias, bronquites, é anti-inflamatório e ainda ajuda a emagrecer.

Manjericão: Indicado para tudo o que leva tomate e ovos. Estimula o apetite, acelera a digestão e diminui o inchaço. Melhora, ainda, o funcionamento dos rins.

Funcho: É óptimo para chás, peixe, carnes, sopas e molho vinagrete. Ajuda no tratamento de cólicas, anórexia, bronquite, vómitos, nódulos no figado, dores nos olhos, problemas urinários, diarreias e parasitas intentinais,

Manjerona: Deve ser usada em recheios, carnes picadas, caldeirada, molhos de tomate, pizzas e jardineira. Ajuda o tratamento de diarreia, flatulência, má digestão, falta de apetite, dores de cabeça, tosse e feridas. Tem propriedades cicatrizantes.

Segurelha: Dá sabor a feijoadas, recheios e pratos com queijo. Fica igualmente bem com leguminosas. Também ela ajuda na perda de apetite, cólicas e indigestão. Pode ainda ajudar nas picadas de insectos.

Alecrim:  Aromatiza azeite, grelhados de carne, guisados de coelho e borrego. Ajuda ao nível de depressões leves, fadiga, dores de cabeça, enxaqueca, má digestão, gases, tosses, sinusite, bronquite, problemas de concentração, fortalece a memória, gastrite, menstruação irregular e TPM.

Salva: Ideal para molhos, carnes de caça, leitão e carneiro. Pode ser usado como substituto do louro. Controla o fluxo menstrual, ajuda na digestão. Basicamente tem um efeito secante, não sendo por isso aconselhavel consumir durante a amamentação, pois tende a secar o leite.

Poejo: Deve ser consumido em caldeiradas, peixe cozido e açordas. Ajuda ao nível da falta de apetite, má digestão, cólicas, gripes, catarro, bronquite, asma, febre, crises nervosas e irregularidade menstrual.

Conhecem todas estas especiarias?
Qual usam mais?
Gostariam de um capitulo II?

Sem comentários:

Enviar um comentário