segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Os Retornados: Um amor nunca se esquece


Se para te entreteres no fim de semana te sugeri um livro Aqui e porque ouvi lá no fundo a perguntares "não se arranja mais nadinha para se ler do que José Rodrigues dos Santos?" eu vim apresentar uma alternativa. Júlio Magalhães parece-te bem? "Ela não sai dos jornalistas" para que fique já esclarecido eu sei que jornalista não é sinónimo de escritores de ficção, mas como capricham na pesquisa eu tenho sempre curiosidade.

"Outubro, 1975. Quando o avião levantou voo deixando para trás a baía de Luanda, Carlos Jorge tentou a todo o custo controlar a emoção. Em Angola deixava um pedaço de terra e de vida. Acompanhado pela mulher e filhos, partia rumo ao desconhecido. A uma pátria que não era a sua. 

Joana não ficou indeferente ao drama dos passageiros que sobrelotavam o voo 233. O mais dificil da sua carreira como hospedeira. No meio de tanta tristeza, Joana não conseguia esquecer o olhar firme e decidido de Carlos Jorge. Não percebia porquê, mas aquele homem perturbava-a profundamente. Despertava-a para a dura realidade da descolonização portuguesa e para um novo sentimento que só viria a ser desvendado vinte e sete anos mais tarde.

Foram milhares os portugueses que entre 1974 e 1975 fizeram a maior ponte área de que há memória em Portugal. Em Angola, a luta pelo poder entre os movimentos independentistas espalhou o terror e a morte por um país outrora considerado a jóia do império português. Naquela espiralde violência, não havia outra solução senão abandonar tudo. Emprego, casa, terras, fábricas, amigos de sempre. Partir e recomeçar uma nova vida em Portugal que os recebia com desconfiança e um carimbo de «retornados».

Júlio Magalhães estreia-se na ficção com Os Retornados: Um Amor Nunca se Esquece, uma história de amor que tem como cenário os contrubados momentos finais de uma África. O autor leva-nos numa viagem de emoções até à sua terra natal, onde viveu os melhores anos da sua vida."

Na edição que li deste livro, 12ª edição, já contava com mais de 48.000 exemplares vendidos, é um livro com 307 páginas com um preço estimado de 14,40€ que eu considero um drama, nem tanto um romance mas um bom drama. 

Conta a história de Joana uma hospedeira, como protagonista, e de Carlos Jorge que a um dado momento se cruzam num prolongar de tempo até 27 anos. Tem uma escrita sucinta, objetiva com frases curtas e directas como um bom jornalista. Neste livro denota-se bem a formação de raíz do autor, pela maneira expositiva como são apresentados os factos. Aqui a ficção confunde-se com a realidade, não há uma separação tão evidente como em José Rodrigues dos Santos por exemplo.

Não foi o meu livro preferido, sinceramente ficou aquém das minhas expectativas, mas valeu a pena pela parte reflexiva que promove com a história dos retornados. De 1 a 10 daria um 5.

Vais ler?


2 comentários:

  1. Nomei-te para a TAG - Have a Very Bloggy Christmas, boas festas!
    http://blog-um-mundo-rosa.blogspot.pt/2014/12/tag-have-very-bloggy-christmas.html

    ResponderEliminar
  2. Olá =)
    Vou responder concerteza =)

    Beijinho

    Bom natal

    ResponderEliminar