quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Decreto Lei nº 1986/15 de 1 de janeiro

O Diário da República publica hoje, 1 de janeiro, uma lei  que vem responsabilizar as mulheres pelos seus erros de moda que se revelam um atentado ao bom senso e à opinião pública (art.1º - objecto). O art. 3º prevê que qualquer mulher que cometa qualquer um dos seguintes erros deverá ser severamente punida aos olhos da lei por: alínea a) atentado ao bom gosto, b) exposição endivida,  c) mau exemplo, d) divulgação de más práticas.

A legislação em questão classifica como erros primários da moda e alvo de punição os seguintes erros:

Vestidos sem Costas com Soutiens normais

Quando saio à noite e vejo um ser com um vestido sem costas e soutien à mostra não consigo, por mais esforços sobrenaturais que faça compreender o porquê. Não é por o soutien ser da mesma cor que o vestido que devemos simplesmente negar a sua existência, "ah pode ser que pensem que faz parte", lamento ninguém acredita que um vestido claramente sem costas de repente tem uma linha na horizontal que te atravessa de um lado ou outro nas costas, o faz por feitio. 
Nem quero acreditar que quem cometa este erro, pense que ninguém vai reparar na existência do soutien, isso já roçaria a parvoíce. Se querem usar um vestido sem costas, não usem um soutien, se não consegues viver sem ele, usa daqueles soutiens de colar em silicone que vende em qualquer chinês. Mas, se o teu peito é demasiado pesado para isso, passa numa loja de lingerie e aconselha-te sobre as opções que existem, pois elas existem.

Alças do Soutien transparentes

Apetece-me tanto vestir aquele top cai-cai lindo com esta saia, mas tenho que recorrer ao meu soutien de alças transparentes. Não, não tens! Por favor, não o faças. Não é porque são transparentes que se deixam de se ver...transparente não é sinónimo de invisível, sabias? Então aquelas alças que estão, tão apertadas, mas tão apertadas que quase entram pela pele e quando as tiras a pele fica marcada... não tenho palavras, juro que estou a tentar classificar mas não encontro o melhor termo. 

Leggins como calças

Não, não, não, não, nãaaaaooooooo.... não o faças... pára por favor. Estava a ver que nunca mais saía uma lei que proibisse o uso de leggings como calças. Claro que isto vai do gosto pessoal de cada um, as leggings são mais confortáveis e com uma camisola de carapuço é como se andasses nas nuvens tal é o conforto. Mas aquelas leggings mais finas... apertadas ao ponto que ficam tão esticadas que quase ficam transparentes e denota-se ali um padrãozinho da cuequinha o que é 100% imperdoável.

Mini saia com Crop Tops

Ok, vai do gosto de cada um, mas uma mini saia (sem ser de cintura subida) com um Crop Top é preciso ser um génio para não tornar vulgar. Só faltava mesmo uns saltos altos. Eu pessoalmente não sou fã de ver mini saias, em que quando te dobras tens que ter cuidado para não se ver o rabo, quando usadas com salto alto e o umbigo à mostra. Não ajuda minimamente à seridade do look.

Calças com um número abaixo

Já estou como (acho) a Pipoca Mais Doce, não é porque te enfias num 34 que vestes um 34. Quando apertas as calças e a parte ao fundo das costas sai toda para fora, quase a tapar a parte de cima das calças não fica minimamente bem. Vale o mesmo para os soutiens que entram quase pela pele adentro.
Não fica elegante, não fica bem e nem te favorece minimamente, desformando o teu corpo.

Collants rotos

"Pode ser que pensem que foi no decorrer do dia", não, não pensam. É quase impossível não reparar nesse buraquinho no meio da tua perna, que inevitavelmente te dá um ar punk e descuidado. Se aquela marca de collants te costuma deixar ficar mal, anda com um substituto na mala, para o caso de correr mal.

Mistura de Padrões

Se há coisa que perturba a vista de uma pessoa são as misturas de padrões, como é que uma pessoa no seu bom senso e bom gosto consegue sair à rua com uma camisola aos quadrados, umas calças às riscas e ainda meter um colar bem grande sobre aquela camisola?! Misturar padrões é uma ciência e se não a estudaste não uses. Já agora se não for pedir muito, quando a camisola só por si já tem um padrão chamativo, consideravel, não uses um colar... Para quê? Faz assim tanta falta?


Aqui estão os principais erros a serem evitados.


Sem comentários:

Enviar um comentário