sexta-feira, 27 de março de 2015

Sabes o que andas a comer? Gengibre


Se segues as receitas do blog deves ter reparado que uso gengibre em tudo, é quase a minha imagem de marca. Leva molho? Então de certeza que leva gengibre, como podes confirmar aqui, aqui e aqui por exemplo.

Por isso senti necessidade de justificar a minha obsessão por esta especiaria, e nada melhor do que esta rubrica para o fazer.



O gengibre é uma raiz tuberosa, nativa da Ásia que tem uma acção bactericida e acelera o metabolismo. É um alimento termogénico bastante usado pela indústria farmacêutica na produção de laxantes, antiácidos e antigases, o que deixa prever um conjunto de benefícios para o aparelho digestivo. Ao mesmo tempo que é rico em componentes medicinais como o felandreno, zingiberenozingerona


 É rico em nutrientes como a gingerol que confere o sabor picante, tem propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, vitamina B6, potássio, magnésio e cobre.



O gengibre além de todas estas propriedades e nutrientes é ainda um ótimo aromatizante de comida, que quando acompanhado com as especiarias certas diminui bastante o consumo de sal.


Ao contrário do que tenho vindo apresentar noutras rubricas como aqui e aqui, neste retirei as informações nutricionais da internet.

Benefícios do Gengibre


O gengibre melhora o teu sistema digestivo, respiratório e circulatório, uma vez que ajuda na digestão, alivia a azia, combate o mau hálito, a cólica menstrual e alguns problemas na vesícula, ajuda com a tosse, bronquite e gripes.

O gengibre é um bom desintoxicante, ajudando no processo de emagrecimento por ser um alimento termogénico que queima as gordurinhas indesejáveis, uma vez que estimula as enzimas do fígado ao mesmo tempo que combate a celulite e promove uma pele lisinha.

A Universidade de Minnesota vai mais longe e aponta o gengibre como um aliado na prevenção do cancro do cólon, sendo considerado um analgésico natural e um anti-inflamatório. Alivia a enxaqueca e a ressaca, protege o organismo de bactérias e fungos, ajuda com dores de artrite e dores musculares, aumenta o libido e previne o enjoo durante as viagens. 

Como é um alimento termogénico ajuda o corpo a aquecer-se, o que enquanto o verão não chega com força, dá jeito.


Malefícios do Gengibre

Os malefícios do Gengibre ainda não foram comprovados, mas em caso de dúvida acho que não se deve arriscar. Há quem diga que o consumo de gengibre afecta o hormônio sexual do feto e pode provocar o aborto em grávidas. O seu consumo, neste grupo particular, deve ser evitado perto do parto, visto que aumenta o risco de hemorragias.

Não é recomendado para quem sofre de hipertireoidismo.

O seu consumo deve ser moderado para quem sofre de cardiopatias, úlceras e alergias, e como aumenta a pressão arterial não é recomendado para quem tem taquicardias, hipoglicemia, nervosismo e insónias.

Os diabéticos devem ter o consumo de gengibre devidamente vigiado pelo seu médico.

Como já falei aqui, a quantidade consumida torna o produto ou curativo ou veneno, por isso não deves consumir mais de 4g por dia, sob o risco de sofreres de uma gastrite, diarreias e outros problemas ao nível do aparelho digestivo.

Qual o produtinho que queres ver por aqui numa próxima vez?

2 comentários:

  1. Muito bom!!!
    Passa pelo meu blog e se gostares segue :)

    http://queenssecret-anaaraujo.blogspot.com/

    ResponderEliminar