quarta-feira, 24 de junho de 2015

Séries que não me convenceram

Já prometi por estes lados falar de algumas séries que não me convenceram... não é porque não tenham qualidade, nem porque o argumento não presta, apenas há um ou outro pormenor que não me convenceu a assistir e acompanhar. Por isso se és fã de qualquer uma delas não te chateis, volta amanhã que há mais sobre outro assunto qualquer.

House






Quem é que não conhece o Dr. House? Esta é uma série hospitalar constituída por 8 temporadas que se prolongaram desde 2004 até 2012 com uma média de 20 episódios com uma duração prevista de 44 minutos por cada um. Considerada um drama e um mistério cotado por 8,9 em 10 pelo IMDB.

A personagem do Dr. House é bastante carismática e peculiar e torna-se por isso o protagonista de toda a trama com um centralismo quase egocêntrico. Vi aproximadamente 10 episódios de várias temporadas e tentei inclusive levar a série seguidinha desde o primeiro ao ultimo episódio, mas não consegui. Na minha opinião é uma série parada, que não prende nem atiça a minha curiosidade para saber o que se passa, a fotografia é discutível mas a banda sonora interessante.

Almost Human




Esta não me convenceu a mim e aparentemente não convenceu toda uma panóplia de pessoas visto que não passou da primeira temporada estreada em 2013. Esta é uma série de acção, crime e drama que ocorre num futuro longínquo onde o corpo da segurança publica fica à responsabilidade de duplas constituídas por um humano e um robot policia.

Nesta série o detective Kennex fica com um robot de uma geração ultrapassada, mais próxima das emoções e limitações humanas e com ele combate o crime. Vi 3 ou 4 episódios e depois desisti, eu não sou fã de ficção cientifica é certo, mas não foi tanto por aí que não me entusiasmou. Não gostei da representação que não chegou aos padrões da razoabilidade, não gostei da sequência da história nem a encenação pouco realista de algumas cenas.

Orange is the new black


Ouvi tanta gente a recomendar esta série que se calhar criei expectativas demasiado altas que posteriormente me desiludiram. Piper no seu passado manteve uma relação lésbica com Alex que a levou por caminhos mais chatos que se reflectiram no seu presente. Piper foi presa e é no contexto prisional que se desenrola toda a trama.

Esta série já conta com 4 temporadas com 13 episódios cada com a duração prevista de 55 minutos caracterizados por serem comédia, crime e drama. Há cenas chocantes, mas o que não me prende mesmo são as actrizes escolhidas e a representação das mesmas. A própria qualidade da fotografia é duvidosa com predomínio do azul e claro um figurino pobre por razões óbvias.

Conheces alguma? Segues?
Concordas comigo?



Sem comentários:

Enviar um comentário