quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Dizem por aí que se usa: Colete

Ele tem passado despercebido, mas desde 2013 ele anda aí e promete não nos deixar tão cedo e entre nós que ninguém nos ouve "ainda bem"! O colete pode ser mais ou menos versátil e é uma peça que sobrevive às várias estações e aos vários estilos que vão aparecendo, adaptando-se a eles.


No verão o colete é o melhor amigo dos looks mais básicos e simples, pois dão aquele toque mais especial que só uma terceira peça é capaz. Como o casaco não é uma opção, o colete é o teu melhor amigo.

No verão aposta nas cores mais clara e mais abertas para looks mais leves, que ficam bem com calções e saias. Para não morreres de calor aposta nos coletes de tecido que são os mais versáteis e consegues encontrar estampados que são a cara do verão. Estes vão quebrar a informallidade do look, mas quando estampado consegues o look juvenil e casual.

Mas se os coletes de tecido ganham terreno, os coletes de ganga já são reis. O Verão é sinónimo de informalidade, casualidade, de looks frescos e confortáveis e os coletes de ganga conferem tudo isso ao look e quando conjugados com sapatos rasos e ténis consegues um visual jovem e moderno.


Os coletes em pêlo indicados para aqueles dias que que precisas de te aquecer, faz com que os looks fiquem mais elegantes e sofisticados sem muito trabalho já que ficam bem com tudo. 

A acompanhar esta tendência, temos os coletes de couro que é uma das tendências deste Outono e Inverno, eles têm o poder de transformar qualquer look romântico com um vestidinho estampado, num look mais rocker, moderno e giro. Arrasam quando usados com jeans, mas apesar de estar apontar dicas para looks mais descontraídos para o dia a dia, eles também ficam super bem com um maxi colar e salto alto.

Como vês são adequados para todas as situações, desde do trabalho onde deves escolher os coletes mais discretos e com bom corte, até num evento nocturno numa versão com mais brilho, bordados e com salto alto.


Contudo, na hora de usares coletes tens que ter em atenção a alguns pormenores. O mais importante de todos é a peça que usas por baixo, esta deve ser bem básica a ideia é não dares muita informação, deixar que o colete faça isso por ti.

No Inverno eles são a a peça ideal para adicionares camadas, por isso coloca um colete de pêlo sobre uma jaqueta de couro ou de ganga sem medo e vais arrasar. Mas, nem tudo é um mar de rosas, não é só escolher um colete e andar aí a desfilar como se não houvesse amanhã, tens que escolher o colete certo e o mais indicado para o teu biótipo para não errares na hora de o usares. Num colete o que deves ter mais atenção é a largura dos ombros e decotes estes detalhes é que vão ditar se ele te fica bem os se te desfavorece completamente.
Assim, se tens um quadril bem saliente mas pouco peito deves optar por coletes mais estreitos e com um decote mais aberto, mas se por outro lado é o peito o teu ponto forte e as ancas chamam pouco a atenção, então escolhe coletes com a alça mais larga.
As baixinhas devem escolher decotes poucos profundos, estes destinam-se às mais altas que devem escolher os que apertam na zona do estômago. Mas, não me esqueci das que vestem plus size, estas também têm o colete indicado para elas, devem ser escuros, pouco cintados e discretos.

Com o frio, mesmo de colete o tempo pede um casaquinho e até aqui tens que ter cuidado. Se o colete tiver gola o casaco não deve ter também ele gola.

Por fim, um colete pode masculinizar um look, o que não é mau de todo já que é uma das tendências. Mas se não te agrada esta possibilidade escolhe os mais justos eles mantém e reforçam a sensualidade do corpo feminino sem o tornar vulgar.

Já tens o teu?

Sem comentários:

Enviar um comentário