sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Sabes o que andas a comer? Dióspiro

O Dióspiro embora originário da China foi no Japão que conquistou grande parte da sua popularidade. Na Grécia antiga era conhecido como o fogo de Zeus pela sua cor vermelha (a mais popular) característica do estado mais maduro do fruto e também o mais doce e mole. Mas, também pode pode ser laranja que é o mais duro e menos doce.
Como podemos ver há vários tipos de dióspiro:
  • Fuyu: que tem uma consistência firme, cor alaranjada e é rico em vitamina A e C.
  • Rama Forte: é avermelhado, é mole, gelatinoso e rico em amido e frutose.
  • Giombo: é muito firme, crocante, oval, alaranjado e doce.
  • Taubaté: que é muito semelhante ao Rama Forte.
Benefícios para a saúde:

Como é fruto rico em água e pobre em calorias ajuda a perder peso, o facto de ter muita fibras sacia e reduz o desejo de açúcar e de alimentos processados. A presença de fibras melhora a digestão e combate a obstipação

Também tem benefícios para os olhos devido ao facto aos radicais livres serem as principais causadores dos danos na rotina dos olhos. Como é rico em antioxidantes, vitamina A, C, K e Zeaxantina protege os olhos da acção dos radicais livres. Estes previnem, ainda, o cancro  e danos no ADN devido à sua acção com os fito-nutrientes.

O consumo de dióspiro ajuda a desintoxicar o corpo das substâncias tóxicas armazenadas no cólon, protegendo-o do cancro. Como acelera o fluxo sanguíneo melhora a distribuição dos seus nutrientes.

Malefícios para a saúde:

Pelas suas grandes quantidades de tanino quando consumido em jejum, torna-se um factor de risco para a diarreia.

Como é tão doce pode ser prejudicial para quem sofre de diabetes.

Se estás grávida consulta o teu médico sobre o seu consumo, já que há quem defenda que tem propriedades abortivas.

Sem comentários:

Enviar um comentário