terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Vamos ter uma conversa intima?

Não são raras as vezes que por aqui falamos em saúde, beleza e bem-estar... centramos a nossa atenção na nossa apresentação, no nosso comportamento e aspecto exterior que acabamos por nos descuidar da nossa intimidade. É mesmo sobre isso que venho falar, da saúde e cuidados íntimos, se és bastante susceptível e sensível a estes assuntos vai dar uma volta e encontramo-nos aqui amanhã à mesma hora, se não, não perdes nada em ler estas 10 dicas.

1. Roupa Interior

Usa roupa interior com mais de 90% de algodão na sua composição, podem não ser as mais giras, as mais sexy's mas são as melhores para deixar a tua zona intima respirar e as mais confortáveis convínhamos.  

2. Roupa Interior 2.0


Apesar de algumas medidas de segurança já terem sido asseguradas como não poderes trocar cuecas depois de as comprar e experimentar (tomara!), ainda continuas sem saber por onde andaram, por que mãos passaram e em que circunstancias chegaram até tua casa. Por isso depois de comprares lava-as obrigatoriamente!

3. Higiene da cuequinha

Se lavar com um bom detergente é importante, passar a cueca a ferro não fica atrás. Eu sei que é uma seca, eu sei que já tens kg e kg de roupa a armazenar e à primeira vista nem se justifica. Mas vamos lá pensar um bocadinho: o calor é o melhor meio para matar micróbios e bactérias que tenham sobrevivido até aqui e o ferro é o melhor veiculo para assegurar esse mesmo calor.

4. Higiene

Ainda são muitas as mulheres que não usam sabonete intimo próprio para a sua zona genital e fazem mal. A tua zona intima tem um PH mais ácido que o resto do corpo, logo o gel de banho normal não satisfaz as suas necessidades a esse nível, para tal escolhe um gel com PH mais ácido e com ácido lácteo que vão proteger a tua flora vaginal e prevenir infecções. Ah o uso é sempre externo e nunca deve ser exagerado, por isso não te entusiasmes.

5. Respira


Há quem não consiga, há quem prefira fazer... mas os ginecologistas recomendam a que durmas sem cuequinha para que respire, já que anda o dia todo abafada com calças de ganga e roupa demasiado justa. 
Outro conselho é não usar pensinhos diários, a cueca fica mais limpa e higienizada mas não há margem para respirar.

6. Nada de apertar


Se tens vontade de fazer chichi, faz, não apertes. Este comportamento é a principal causa de infecções urinárias. Também deves urinar depois das relações sexuais, pelo mesmo motivo. Assim, estás igualmente a proteger os teus rins.

7. Depilação sim, sem pêlos não

Não faças depilação integral definitiva  e sempre que possível  evita-a. Os pêlos próximos da região estão lá por algum motivo, eles protegem-te de possíveis agressões externas, desempenhando por isso um papel muito importante.

8. Limpar


Sempre que fores à casa de banho prefere papel higiénico branco e sem odores, quanto mais suave melhor. Quando te fores limpar faz-lo de frente para trás e não o contrário, para que não estejas a passar possíveis contaminações traseiras para a tua flora vaginal.

9. Período


Troca o tampão em 4 e 4horas e o penso higiénico em 6 e 6horas.

10.Bebe água


Para evitar infecções urinárias e manteres a tua zona intima hidratada. O mesmo se aplica a lubrificantes que devem ter o menos cor, cheiro e outros efeitos possível, prefere os à base de água. 





Sem comentários:

Enviar um comentário