quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Sabes o que andas a comer? Batata

Não há semana que não comemos batatas, ultimamente tenho dado muito valor às caseiras de plantação doméstica, podem acreditar ou não mas têm um sabor diferente. As batatas são ricas em carboidratos, vitaminas do complexo B e C, ferro, fósforo, potássio, cálcio e amido e pobres em gorduras e como tal super recomendadas a uma alimentação equilibrada.

Benefícios para a saúde:

As batatas previnem a prisão de ventre por terem fibras e aumentarem o volume das fezes, prevenindo através desta acção o cancro do cólon. Acção reforçada por ser um anti-inflamatório natural que reduz a inflamação dos intestinos e protege o sistema digestivo.
Elas estabilizam os níveis de açúcar no sangue, já que retardam a sua absorção no sangue mantendo-os dentro dos padrões normais. 
Graças à presença das vitaminas do complexo B e à actividade enzimática aumenta as reacções químicas naturais, ajudando às transmissões do sistema nervoso ao mesmo tempo que mantém a nossa pele jovem. Esta ação é garantida pela presença de vitaminas C e B, minerais, zinco, magnésio que a torna uma antioxidante natural que combate os danos dos radicais livres, quando usada como mascara combate o acne e as suas marquinhas e quando conjugada com mel amacia a pele, tornando-a mais brilhante.
O consumo da batata diminui a pressão alta devido ao potássio que contrabalança os efeitos do sódio. O ferro presente na sua composição aumenta os niveis de hemoglobina.
Já o magnésio previne a pedra dos rins e inibem a acumulação de calcio no corpo. 

Malefícios para a saúde:

Normalmente as pessoas preferem a batata frita e é quando optam por este modo de cozimento que estragam tudo e descobrem o pior que elas podem oferecer. As batatas fritas ficam ricas em gorduras saturadas e trans que além de engordarem ainda potencia problemas cardiovasculares, entopem as artérias do coração, aumentam o colesterol ruim, a pressão arterial e os diabetes.
Ao tornar-se rica em sódio aumenta o risco de sofrer de enfarte, AVC, insuficiência renal e cardíaca, favorecendo o aparecimento de doenças neurológicas, aneurismas, problemas respiratórios e retenção de líquidos.

Sem comentários:

Enviar um comentário