sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Salta uma rubrica como pipocas #26

O tempo chuvoso e de baixas temperaturas tem sido bastante convidativo para uma sessão de cinema, com direito a mantinha, pipocas e bebida quente... oh momentos de felicidade! No entanto, não é porque o tempo e as circunstâncias estão propicias  para o cineminha que devemos  perder tempo com filmes que não valem nadinha e para te ajudar venho falar de alguns que vi.

Crimson Peak

Duração: 120 min
Género: Drama, Fantasia e Terror
Cotação: 6,7/10
Realização: Guillermo Del Toro
Escrito por: Guillermo Del Toro e Matthew Robbins
Data de Estreia: 22 de Outubro de 2015
Cotação Pessoal: 6,5/10

Em pleno séx. XIX, Edith Cushing com a morte da sua mãe descobre que consegue ver fantasmas, convertendo esse dom em fantásticas histórias de terror. Tudo corria dentro dos padrões da normalidade para época até que conhece Thomas Sharpe, um homem misterioso, carismático com um "on ne sait pas" que a conquista desde o primeiro momento. Apesar dos avisos dos seus conhecidos e até do sobrenatural para que tivesse cuidado com a colina vermelha, depois de se casar muda-se para lá. 
O marketing deste filme foi muito forte, independentemente para onde olhasse lá estava ele, o que me suscitou alguma curiosidade... Como gosto de filmes de terror e estou sempre à procura de um bom filme não hesitei em tentar a minha sorte. De facto é um filme relativamente interessante que tem tudo, crime, fantasmas, sangue, doenças mentais... tudo o que um filme de terror gosta ele tem, o que o torna um bocadinho exagerado, digamos assim. A nível de fotografia considero que está irrepreensível, o argumento, embora previsível, está bem trabalhado, o guarda roupa giríssimo, sendo um filme aconselhável para quem gostava de conseguir ver mais filmes de terror mas tem medo. 
  

Regression


Duração: 116 min
Género: Drama, Crime, Mistério
Cotação: 5,7/10
Realização: Alejandro Amenábar
Escrito por: Alejandro Amenábar
Data de Estreia: 28 de Janeiro de 2016
Cotação Pessoal: 6/10

Em Minnesota durante a década 1990 decorreu a investigação, protagonizada por Bruce Kenner, do caso de John Gray acusado de abusar sexualmente da filha adolescente. Apesar de se assumir como culpado são visíveis alguns lapsos de memórias que enfraquecem as evidências. Assim, foi sujeito a psicoterapia para recuperar a memória através da técnica conhecida por regressão.
Em primeiro lugar o trailer está espectacular e promete realmente mais do que o filme oferece, foi mesmo ele que me motivou a ver este filme. Contudo, julgava-o de terror mas não o é, nem é crime, pouco drama... vá é ligeiramente ambíguo nesse patamar! Baseado numa história verídica aborda a influência do psicológico, da mente e o poder da interpretação na construção de memórias e gostei de como é representado. A representação é sem dúvida o que salva o filme, Emma Watson e Ethan Hawke conseguem torna-lo mais interessante e envolvente... se assim não fosse penso que não gostaria dele.
  
 Trumbo


Duração: 124 min
Género: Drama, Biografia
Cotação: 7,5/10
Realização: Jay Roach
Escrito por: John McNamara e Bruce cook
Data de Estreia: 18 de Fevereiro de 2016
Cotação Pessoal: 7,7/10

James Dalton Trumbo com 30 anos de idade estava no auge da sua carreira cinematográfico, altura em que se iniciaram as investigações sobre uma suposta infiltração comunista em Hollywood, como se recusou a denunciar os seus colegas foi acusado de desobediência civil e entrou para a lista negra. Esta fez com que não pudesse exercer a sua profissão e vivesse clandestinamente depois de sair da prisão durante anos a fio. 
Este filme está excelente em vários níveis, na fotografia, na representação, no guarda roupa, na banda sonora, apenas peca pelos vários momentos parados e pouca exploração das reais emoções de quem é quem é vitima de uma pressão social, politica e a nível familiar. Esta última é sempre a primeira prejudicada com a a perseguição da estabilidade profissional e da conquista de algum prestigio neste patamar e o filme embora demonstre isso, faz-lo na terceira pessoa quando seria mais enriquecedor o fazer na primeira.

Conheces estes filmes?
 Concordas comigo?

2 comentários:

  1. Fiquei curiosa com os 3! São 3 géneros que captam a minha atenção! Boas sugestões Márcia! Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá =)

      Obrigada pelo teu comentário, fico contente ter ajudado.

      Beijinhos

      Eliminar