terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

Sobrevive ao inverno sem engordar

Se sobreviveste ao natal, ano novo, dia dos reis, anos da tia Joaquina e da Avó Maria com o peso intacto estás de parabéns. Agora é manter-te hirta e firme para o resto do inverno, agora com o frio tendemos a usar roupa mais largarona (que eu adoro) e o que os olhos não vêem o coração não sente e lá vem um quilinho aqui e outro acolá até que em junho dá-te um choque de realidade e lá começa a operação bikini. Para evitar que tal aconteça lá vão umas dicas que espero que te sejam úteis.

1º Come religiosamente o pequeno almoço em casa: de pijama a consultar o instagram (ah essa sou eu). Foge dos pequenos almoços típicos de cafés e pastelarias com torradas banhadas em manteiga, encharcadinhas como só elas sabem, do café com o pastel de natal, bolos e o rissol e o típico bolinho de bacalhau... hein? Nossa senhora! Come antes uns cereaizinhos integrais, cházinho, proteína e frutas.

2º Só para relembrar come em 3 e 3H para regular os níveis glicémicos do sangue para não ficares com vontade de comer este mundo e o outro.

3º Come a sopinha toda antes da refeição, além de ires buscar nela as fibras que precisas para forrares o estômago e meteres os intestinos a funcionar, ainda vais comer menos do prato principal (mais calórico portanto).

4º Evita passar muito tempo à mesa. Eu sei que a boa educação diz para não te levantares da mesa antes que todas as pessoas tenham terminado, mas quando comes muito rápido e ficas à espera de alguém, ou estás num restaurante com as entradas à frente à espera do prato principal tendes sempre a comer mais do que devias. Tenta comer bem, devagar, mastigar a comida 33 vezes para seres tu a ultima/o a terminar. 

5º Planeia bem as tuas refeições, e já nem falo do cardápio semanal (ups falei), deixa as refeições mais calóricas para o almoço e reserva as mais leves para o jantar. 

6º Evita caminhos com montras aliciantes, com aquele Viriato a chamar por ti (não sabes o que é? procura na net, cultura geral nunca é demais), aquela bola de Berlim com o cremezinho a escorrer, nhami nhami. Assim, não vais cair em tentação.

7º Não tenhas medo da balança ela não morde, vai-te pesando com alguma regulariedade para avaliar os estragos que estás a fazer e intervir precocemente ao 1º kg a mais. Mede-te também, às vezes o peso não se altera mas as medidas mostram bons resultados. Já agora se não for pedir muito regista os valores para analisares a evolução.

8º Adere ao exercício físico, compra uma roupa gira que te motive a usar e para que tenhas motivos para o fazer, phones nos ouvidos e vai, vai sem medo. Se não tens dinheiro e lá fora o tempo não está para corridas mete um vídeo no youtube e segue uma aulinha.

9º Compõe o teu prato, começa sempre pelos legumes e ocupa metade do prato com eles, na outra metade mete a carne ou o peixe e o acompanhamento. 

10º Escolhe sempre fruta para sobremesa.

11º Bebe chás quentes ao longo do dia, aquece-te e dá-te bónus (que vais descobrir na edição especial de chás, spoiller!).

12º Come sempre os teus próprios lanches, mesmo que o Manel da contabilidade faça anos e te convide para o bolinho ao lanche, come o teu lanche e depois vai lá, como estás satisfeita vais pecar menos.

13º Em jantares em grupo cola-te à pessoa que parece mais saudável e te ofereça mais garantias que não vai comer que nem uma lontra. Assim, não cairás na tentação de tentar acompanhar quem abusa e nem ousas abusar para não dares má imagem à vizinha fitness.

14º Se é para pecar, vamos pecar direito... escolhe onde abusar, ou entradas ou sobremesa, não vale as duas.

15º Não te esqueças de dormir 8 horas por dia, o sono dá vontade de atacar o frigorífico para satisfazer aquela necessidade.

16º Usa roupa confortável mas que te sintas bem, mas dá lugar também a roupa justa que não ousarias sair à rua se tivesses aquele pneu. As roupas largas ajudam a que percamos o controlo.

17º Segue pessoas no instagram que te motivem e inspirem, não sabes o que comer mas ela publica aquele pequeno almoço, saudável, bonito bora lá reproduzir e ser feliz.

18º Não te prives totalmente das coisas que gostas mas vai reduzindo gradualmente. Eu sou o exemplo em pessoa de pessoa que passava a vida a comer massas e agora nem se lembra de o fazer nem me apetece sequer, mesmo havendo alternativas sem glutén.

19º Faz o teu mapa das refeições para controlares o que comes. Há aplicações que calculam logo as calorias e afins.

Vai arrasando.


2 comentários:

  1. Adorei!! Fui à procura do 20 conselho! Hahahaa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que a 20º é ser feliz contigo mesmo e com o teu corpo=)

      Beijinhos

      Eliminar