quarta-feira, 16 de março de 2016

Dicas para montar qualquer look com estilo

Nós mulheres podemos ter o guarda roupa cheissímo, a rebentar pelas costuras que vamos dizer sempre que não temos nada para vestir e que precisamos ir às comprar. Olhamos para aqueles looks super giros e achamos que ela só conseguiu estar tão gira porque gastou o dobro do nosso ordenado naquela composição, só a mala pagava a nossa renda para os próximos 3 meses. Como não podemos (ou não queremos) nos lançar em Carolina Herrera, Chanel ou Louis Vuiton só nos resta andar sempre com os mesmas calças, camisola, sapatos e ténis, aquele look bem sem graça mas nunca falha não é verdade? Não...

Tu também podes ser uma it girl, montar com as peças que tens em casa looks bem giros, só precisas de saber aquilo que nunca ousaram partilhar.

1ª Regra: Qualidade

Há quem prefira investir mais e ter menos roupa mas que à partida sabe que é de boa qualidade, como há quem prefira ter muitas opções de escolha mas gastar menos dinheiro possível. Independentemente das tua escolha, lembra-te que há peças que se querem de qualidade como o calçado ou um bom casaco por exemplo e que a qualidade destas peças podem influenciar o resultado final do conjunto em que sãs usadas. Por isso escolhe bem no que queres investir e se vale a pena.

2ª Regra: Básicos, básicos, básicos

Os básicos nunca são demais e em momento algum podem faltar no teu armário. Um bom armário de roupa é constituído por cerca de 70% de básicos e apenas 30% de peças estampadas e de tendência, eles equilibram o look, e constituem uma base de um conjunto que sempre pode ser enriquecido com acessórios, maquilhagem e um penteado.

Exemplo 1: Calças de ganga, uma t-shirt branca, uns ténis all star, um relógio colorido e  um rabo de cavalo e tens um look casual, desportivo e adequado para passear ao fim de semana.

Exemplo 2: Calças de ganga, uma t-shirt branca, uns saltos altos, um colar chamativo, um relógio dourado/prateado, cabelo esticado e estás super bem para um jantar com os amigos ou mesmo namorado (e todas essas opções que bem sabemos).

3ª Regra: Mantém o guarda roupa arrumado

Só assim consegues ter a noção do que realmente tens e evitas que fiquem peças perdidas/esquecidas lá no buraco negro que em vez em quando aparece. Assim, consegues avaliar o que te faz falta, fazer uma lista para ires aos saldos com juizinho.

4ª Regra: Acessórios

Os acessórios conseguem transformar qualquer look, quando usados corretamente. No caso das pulseiras, por exemplo, quando são usadas com manga curta ou alças podem ser mais largas e grossas, mas se usadas com manga comprida precisam de ser mais justas ao pulso. 
Quando vais usar muitos estampados ou peças mais tchrãn os acessórios querem-se sóbrios, minimalistas e delicados como apenas um fiozinho.

5ª Regra: 3 peças

As sobreposições enriquecem qualquer conjunto e permitem conjugar materiais, texturas, padrões e transformar qualquer look.

Exemplo 1: Um vestido cintado floral com um cardigã curto, umas sandálias delicadas de plataforma, um semi apanhado ondulado e pulseiras a condizer faz com que tenhas um look mais delicado e romântico.

Exemplo 2: O mesmo vestido cintado floral, com botins, cabelo esticado, jaqueta de couro, mistura de pulseiras. O mesmo vestido que pedia um look mais romântico ficou com um ar mais casual, despreocupado e moderno.
 
6ª Regra:  3 cores

Se queres uma aposta segura, que não falha, aposta na regra das 3 cores. Esta consiste em poderes conjugar apenas 3 cores no teu conjunto, não precisam necessariamente de combinar pois não vão chocar muito. 

Exemplo 1: Veste umas calças boudeaux, uma camisola azul marinho e uma mala rosa choque já não podes adicionar mais cores no resto do conjunto, terás que optar por uns sapatos nude ou pretos,

O estampados de preto e branco e coloridos contam apenas como uma cor.

Exemplo 2: Vestiste um vestido vermelho, uns sapatos azuis marinhos e queres meter um casaco preto e branco por cima, podes que não vai chocar.

Exemplo 3: Queres usar uma saia às flores rosas, azuis, amarelas e laranja, podes acrescentar mais duas cores, por exemplo o azul na camisola e os sapatos amarelos. 

Os acessórios também contam como uma cor.

O branco e o preto não contam como cor.

7ª Regra:  Conhece o teu corpo

E escolhe o que queres evidenciar ou esconder.

Exemplo: Se queres alongar a figura os sapatos devem ser nudes ou da cor das calças.

8ª Regra: Adapta a peça 

Dá mais estilo às peças com pequenas adaptações, dobrar a bainha das calças, dobrar a manga do blazer, amarrar a camisa de xadrez à cintura, colocar a camisola por dentro das calças...

9ª Regra: Inspira-te noutros looks

E adapta-os ao teu estilo pessoal e guarda roupa. Já há aplicações para te ajudar como chiquicimo ou pinterest.


Exemplo: Ela pode estar com umas wet leggins chanel, um sobretudo carolina herrera, uns ténis adidas e uma camisola de malha da zara e tu não teres nada disso. Mas por acaso até tens uns wet leggins, uma camisola de malha e um sobretudo, conjuga-os e faz um look aproximado do que viste, mesmo que não sejam as mesmas peças de marca.


10ª Combina estampados

Se és nova nestas andanças e temes que a coisa não corra lá muito bem, usa-os como 3ª peça num conjunto básico com cores neutras, em pequenos pormenores em acessórios (sapatos, mala, lenços...) ou com cores contrastes que chamem mais atenção que o próprio estampado.

Agora ser ainda mais gira e estilosa.


Sem comentários:

Enviar um comentário