segunda-feira, 25 de abril de 2016

Uma Chefe para tantas receitas #26

Então como é? Começar a semaninha com um feriado, hein? Ah Maravilha... agora não vejo ninguém a se queixar da segunda feira... espertinhas/os! Mas se estás a trabalhar... a conversa é outra, só me resta dar-te um abraço de solidariedade e prometer que vai passar, juro que vai (daqui a 8, 9horas).

Para fazer com que tudo passe de uma maneira mais deliciosa, proponho as seguintes receitinhas... já sabes, saudáveis, baratinhas, fáceis e rápidas, tudo o que o dia a dia nos pede. 

Segunda


Andaste a passear durante o feriado todo, até que caíste na real e te lembraste que não tinhas nada planeado para comer. Ah pois, lá vem procaria não é? NÃO! Nestas alturas tenho sempre um truque na manga, faço umas panquecas sem glutén e sem lactose com espinafres e sirvo com salada.

Para fazer as panquecas (dá umas 4 pequenas) junto meio copo de amido de milho (farinha Maizena), 1 ovo, umas gotinhas de água, uma mão cheia de espinafres e uma pitadinha de sal e levo tudo à varinha mágica. Numa frigideira antiaderente coloca um fiozinho de azeite e passa uma folha de papel de cozinha para absorver o excesso de gordura. Agora é só fazer as panquecas, um pouco da massa quando borbulhar vira e tira... Assim simples.

Depois de pronta gosto de rechear com tomate, queijo fresco sem lactose polvilhados com oregãos, dobro tudo num tubo e acompanhado com salada de tomate cherry, espinafres, rúcula e sementes de abóbora temperados apenas com sal e azeite.

Terça


Para aproveitar os restos de espinafres e queijo fresco preparei estes bifinhos de frango recheados com esses restos e acompanhei-os com arroz selvagem. 

Para o fazer a proteína, temperei os bifes de frango com sumo de limão, sal, oregãos e tomilhos, no seu interior acrescentei umas folhinhas de espinafres e uma ou outra rodela de queijo fresco sem lactose, fechei e prendi com um palito. Bem no fundo de um tacho coloquei um pouco  de água, mesmo um nadinha só até o cobrir e coloquei os nossos rolinhos de frango para cozer com o vapor deixado pela água, para tal não te esqueças de fechar o tacho.

Acompanhei com arroz selvagem cozido apenas em água e sal.

Quarta


A ideia desta receita era fazer uma espécie de esparguete de cenoura com um pesto de espinafres. Assim cortei a cenoura numa forma semelhante à de esparguete e deixei cozer apenas em água e sal, cozi os espinafres e pus o frango no forno. Para temperar o frango usei sal, pimenta, gengibre, oregãos, tomilho, sumo de limão e um fiozinho de azeite e levei ao forno por 50 minutos.

Para terminar fiz o pesto, juntando os espinafres, nozes e levei à varinha mágica. Depois foi só envolver na nossa falsa esparguete. Mas não ficou espetacular.

Quinta


Eu sei que é outra vez arroz selvagem, mas estava com uma ligeira saudade então abusei. A base deste prato é arroz selvagem cozido em água e sal e fêveras grelhadas temperadas apenas com sal e sem nenhuma gordura.

Na frigideira que grelhei as fêveras fui grelhando pedacinhos de courgette, juntei as fêveras cortadas às tiras,  o arroz, nozes e envolvi tudo muito bem. Para terminar e já fora do lume, acrescentei umas folhinhas de espinafres para terminar a embalagem e pedazinhos de tomate. 

Temperei tudo com sumo de limão e servi como se tratasse de uma salada.

Sexta


Para terminar a semana e como ainda não tinha comido peixe, fiz um arroz de peixe acompanhado com feijão verde salteado. 

Para fazer o arroz de peixe, comecei por refogar tomate picado em azeite até formar uma polpa, quando estavam no ponto acrescentei pedacinhos de filetes de peixe gato e envolvi na polpa, temperei com oregãos, sal e pimenta e acrescentei o arroz carolino tampando tudo com água e deixando cozinhar por 20 minutinhos
.
Cozi o feijão verde e depois passei em azeite e pimenta sem deixar ferver.

Qual vais preparar?

Sem comentários:

Enviar um comentário