quinta-feira, 5 de maio de 2016

O que é que estou a fazer errado?

Comes sempre a horas certas, escolhes sempre alimentos coloridos e saudáveis, privaste daqueles desejos que te vêm atormentar e mesmo assim a coisa não está a resultar e já te questionas o que estás a fazer errado?! Talvez tenha a resposta para ti, continua a ler.

Alimentação monótona

Ás vezes estamos tanto no foco em comer tudo sempre saudável e direitinho que nos esquecemos de variar. Não podemos restringir a nossa alimentação à alface e bifes de frango grelhado, temos que variar na ementa, visto que uma alimentação monótona pode provocar uma deficiente ingestão de nutrientes, vitaminas, fibras e minerais que são essenciais para a nossa saúde.

Comer com pouca frequência

As 3 refeições principais não chegam, deves tentar comer em 3 e 3H para evitar alterações metabólicas, acumulação da gordura, perturbações digestivas e a diminuição do rendimento mental e física. 

Alta ingestão de calorias e pouco exercício físico

Não consegues emagrecer sem baixar o número de calorias ingeridas e sem compensá-las com exercício físico.

Excesso de gordura

Principalmente na hora do lanche acabamos sempre por consumir alimentos processados e fast-food, ou seja, gorduras saturadas que aumentam o colesterol. Isto consequentemente aumenta a probabilidade de sofreres de problemas cardiovasculares, obesidade, diabetes, hipertensão arterial e alguns tipos de cancro.

Excesso de açúcar

Pois, mesmo alguns snack ditos saudáveis como barrinhas estão cheias de açúcar. Este são calorias vazias que desequilibram a alimentação que está na origem de doenças como obesidade, diabetes e cáries. 

Excesso de sal

O consumo exagerado de sal pode causar hipertensão arterial, aumentar o risco de doenças cerebrais e vasculares e aumentar o risco de cancro no estômago.

Pouco consumo de pão escuro e leguminosas

O pão branco não tem vitaminas, minerais nem as fibras que estão presentes no pão escuro em quantidades suficientes para contornar algumas carências. Já as leguminosas contêm fibras solúveis e insolúveis que aumentam a velocidade do funcionamento do intestino.

Insuficiente consumo de frutas e vegetais

Estes alimentos são ricos em fibras, vitaminas e minerais necessárias ao bom funcionamento do nosso transito intestinal. Deves comer entre 7 a 9 porções de ambas.

Não tomar o pequeno almoço

Já falei tanto disto que não me vou alongar, mas basicamente tens que ter presente que depois de tantas horas em jejum se não compensas o teu organismo vais aumentar o teu cansaço, baixa concentração e mau humor.

Exagerado consumo de proteína animal 

O consumo excessivo faz com que haja a perda de cálcio através da urina, aumenta o risco de obesidade, aumenta a tensão e problemas cardiovasculares.

Sem comentários:

Enviar um comentário