quarta-feira, 15 de junho de 2016

Pesticidas a grande ameaça da alimentação saudável

Quer dizer anda aqui uma pessoa a tentar comer mais fruta e legumes para ser mais saudável e aumentar a probabilidade de chegar aos 100 anos em forma e depois depara-se com estas noticias, é que não há condições e claro que fico indignada, pois claro!
Ah espera ainda não te expliquei do que estou a falar, mas prepara-te para ficares igualmente indignada/o, só não fica quem não tem coração (aahahah).
Então vamos lá, a Environmental Working Group (EWG) que é uma agência sem fins lucrativos, dedicou-se a estudar os frutos e legumes mais e menos contaminados com pesticidas. Neste estudo descobriu que 7% da amostra das frutas apresentavam mais de 4 pesticidas e estamos a falar de uma amostra constituída pela simbólica quantia de 28000. Mas, não fiquemos por aqui os pesticidas que foram encontrados em 67% dos casos resistiram à lavagem e depois de descascados. Assustador não?
Deves estar a questionar mas quais são os alimentos mais contaminados?! Eu esclareço e ainda vou mais longe e digo-te os que são menos.
Mais contaminados por pesticidas:
  • Maçã
  • Aipo
  • Tomate cherry
  • Pepino
  • Uva
  • Pimento
  • Nectarina
  • Pêssego
  • Batata
  • Espinafres
  • Morango
  • Pimentão doce
  • Couve
  • Courgette
Menos contaminados por pesticidas:
  • Milho
  • Cebola
  • Ananás
  • Abacate
  • Couve Roxa
  • Ervilhas congeladas
  • Papaia
  • Manga
  • Espargos
  • Beringela
  • Kiwi
  • Toranja
  • Meloa
  • Batata doce
  • Cogumelos
Agora deves estar aí em negação e a argumentar, "ah e tal mas isso é nos EUA aqui na Europa é diferente", será? A verdade é que a Europa não quis ficar atrás e também fez um estudo com uma amostra de 81000 e conclui que 45% continham pesticidas mas apenas 1,5% ultrapassavam claramente os limites legais. Acrescentaram que estas percentagens não são suficientes para provocar danos nocivos à nossa saúde.
Aqui já respiramos fundo, ufa, até que a PAN mete-se ao barulho e esclarece que isso não é bem assim, porque os métodos que eles usam para avaliar a toxicidade dos alimentos não tem validade cientifica  e porque trabalham com limites legais muito elevados que contribuem para baixar as percentagens.
Quem tem razão? Não sei, mas pelo sim e pelo não deixo a lista europeia para puderes fazer escolhas mais conscientes.
  • Morangos
  • Pêssegos
  • Maçã
  • Alface
  • Nectarinas
  • Aipo
  • Uvas
  • Cerejas
  • Espinafres
  • Tomate
  • Pimentos
  • Tomate cherry
  • Pepino
Surpreendida/o?



Sem comentários:

Enviar um comentário