sexta-feira, 10 de junho de 2016

Sabes o que andas a comer? Sardinha

Ah ah já pensavas que não havia post hoje, aposto que já andavas aí a fazer julgamentos alheios "aquela gaja gosta pouco de trabalhar gosta, apanha um feriadozinho e já não há novidade nenhuma por estes lados" deixa de bla bla bla, tive que acordar cedo, num feriado, para escrever para ti que desesperas pela minha ausência (só que não).

Para hoje em comemoração dos santos populares reservei a sardinha, não há bailarico sem a sardinha a escorrer pelo pão não é verdade? E se juntares uma pitadinha de nutrientes essenciais e benéficos para a saúde, um tanto melhor... 

O que não sabes, mas já ficas a saber que eu estou aqui para te ensinar, é que a sardinha foi eleita como um dos alimentos mais saudáveis do mundo pelo livro "Os 150 alimentos mais saudáveis do planeta" da autoria do psicólogo e especialista em nutrição norte americano Jonny Boulden... até te vai saber melhor admite lá!

Benefícios para a saúde:

Vamos lá começar pelo mais óbvio, a sardinha é riquíssima em ómega 3 que vai reduzir o risco de morte súbita cardíaca, proteger-nos da degeneração macular do olho e das causas mais comuns da cegueira em pessoas com mais de 50 anos e consequentemente evitar da perda da visão central, bem como a reduzir o síndrome do olho seco.
Contribui para o fortalecimento das fibras e do colagénio e elastina, dando uma aparência de pele mais jovem. Como alimenta os folículos capilares ajuda o cabelo a crescer e evita a sua queda. 

Ao conter grande quantidade de proteína vai retardar a digestão, fazendo com que sintamos menos fome e consequentemente percamos mais peso.

A presença de vitamina D que ao ser um mineral essencial para a absorção do cálcio, torna a sardinha uma excelente alternativa ao leite para o fortalecimento dos ossos, cabelo, unhas e dentes. É esta a vitamina que participa na regulação da actividade das células, prevenindo o desenvolvimento do cancro, que ao ser conjugada com selênio torna-a um excelente antioxidante com ação eficaz na prevenção do cancro da próstata, mama e rim.

Por último, como é uma fonte de triptofano que é um aminoácido essencial utilizado pelo cérebro para a produção de serotonina que é um neurotransmissor que regula o sono, o humor, previne a depressão. A junção com a vitamina B12 contribui para a manutenção do sistema nervoso central e consequentemente previne o aparecimento do Azheimer, outras demências e anemia.

Malefícios para a saúde:

Mas nem tudo é rosas, a sardinha apesar dos seus nutrientes controlarem os efeitos da contaminação do Metilmercúrio ela ainda está contaminada.

Quando enlatada tem alto teor de colesterol e torna-se ainda mais rica em sódio, afectando a pressão arterial.

É determinante termos atenção à temperatura e ao tempo de cocção (cozedura) que influenciam a quantidade e o tipo de aminas aromáticas heterocídicas os carcinogénicos, ou seja, o tempo de cozedura não deve ultrapassar os 4 minutos de cada lado e deve estar a 20cm das brasas para que não se torne cancerígena. 



2 comentários:

  1. Isto dito em época de Santos Populares deve ser sacrilégio, mas a verdade é que detesto sardinha. ;)

    Beijinho.
    Lilium
    O Meu Dolce Far Niente
    Facebook

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Lilium =)

      Não é nada eu própria não sou grande fã... mas estou a tentar reeducar-me neste aspecto e a coisa vai indo... até porque aqui tenho boas razões para o fazer!

      Obrigada pelo teu comentário.

      Beijinhos

      Eliminar